FUD (Fear, uncertainty and doubt) contra o QGIS: os suspeitos do costume ao ataque
QGIS PT

Edição: Adelcides Varela, grupo de utilizadores QGIS de Cabo Verde

Alguns membros do grupo QGIS.PT tiveram, recentemente, conhecimento de que diversas entidades portuguesas, públicas e privadas, receberam informações falsas sobre o licenciamento do QGIS. Esta tática é designada FUD: Fear, uncertainty, and doubt, e é tipicamente usada quando se entende que existem competidores fortes. Neste caso, a informação que está a ser disseminada é que “o QGIS só é gratuito para uso pessoal e não profissional“, o que obviamente, é falso.

Não tem interesse, aqui e agora, mencionar os autores desta desinformação, mas não é difícil adivinhar a sua proveniência.

A mensagem, positiva e real, que queremos passar é a seguinte:

A licença do QGIS (GPLv2, para quem estiver interessado em saber mais) torna este software aberto e gratuito para todos, permitindo a sua utilização, de forma totalmente livre e SEM RESTRIÇÕES, por qualquer pessoa ou entidade, pública ou privada, e em qualquer contexto, inclusive para atividades comerciais.

Portanto, para a utilização do QGIS não são necessários truques (a.k.a. pirataria), licenças temporárias (trials) ou “benesses”, não existindo qualquer tipo de barreira ou imposição. Por isso, é também o software IDEAL para o ensino e aprendizagem na área da Geomática, o que vem acontecendo de forma cada vez mais generalizada.

O poster ilustrativo e o vídeo deste comunicado serve para resumir todos estes conceitos, pelo que usem e abusem dele. A sua licença é CREATIVE COMMONS Attribution-NonCommercial 4.0 International (CC BY-NC 4.0). O seu design foi feito com o software livre de edição gráfica Inkscape e a edição do vídeo feita com o OpenShot igualmente livre e open source. Este trabalho contou com a participação dos membros do grupo QGIS.PT, nomeadamente o utilizador João Gaspar e do utilizador Adelcides Varela que, entre outras coisas, é fundador do grupo de utilizadores QGIS de Cabo Verde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *